sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

BENDITOS ADENOIDES!!!!!!!!!!!

Olá lindas!!!!!!!
Conforme vos disse lá fui mais o Amor da minha vida á médica ontem á tarde...confesso que estive quase a desistir de ir para não ter de faltar outra vez, e até porque "parecia" que ele estava melhor...... e ainda pior foi estar a chegar lá e ligarem a dizer q a medica não ía...... duhhhhhhhhh .....PIURSA tava eu!!!!

Mas lá consegui que a outra Medica que tambem o acompanha o visse ...felizmente...porque o inimigo causador de tamanha confusao estes dias são....OS ADENOIDES!!!
Pois... por isso a febre vai e vem, porque a expectoração anda para cima e para baixo, segundo a Dra., e como eles não sabem deitar fora...fica ali tudo!!!
Tratamento novo, (ainda a evitar o antibiotico), xarope, maxilase,brufen, clorocil porque tambem lhe provoca a ramelice, e muito soro e vapores!!!
Tambem falou em beber muita agua!!

Se a febre voltar, temos de lá ir de novo para reavaliação da situação!!!

A minha mana mandou-me este site, para quem quiser ver, sobre os adenoides:
http://www.educare.pt/educare/Opiniao.Artigo.aspx?contentid=1D793F9FD7FF4535A0408A722128E3D9&opsel=2&channelid=0

Aqui fica um extracto do mesmo:

"Se, por um lado, as amígdalas e os adenóides são parte fundamental do sistema de defesa do organismo, são também focos habituais de problemas (infecções, obstrução
As amígdalas (estruturas localizadas na parte posterior da boca, em ambos os lados da garganta) e os adenóides (estruturas que existem na parte posterior do nariz) são compostos por tecido linfóide, rico em linfócitos, plasmócitos e macrófagos que são células do organismo importantes no combate às infecções. Localizam-se estrategicamente nas duas grandes portas de entrada das bactérias e vírus no organismo. A sua função é defender-nos das infecções, nomeadamente ajudando a produzir anticorpos.As amígdalas e os adenóides começam a aumentar de tamanho durante o primeiro ano de vida (aquando dos primeiros contactos com os microrganismos), mantêm-se grandes até cerca dos 4-6 anos de idade, altura em que começam a diminuir de tamanho. Se, por um lado, as amígdalas e os adenóides são parte fundamental do sistema de defesa do organismo, são também focos habituais de problemas (infecções, obstrução).No entanto, muitas vezes esses problemas são transitórios, desaparecendo à medida que a criança vai crescendo e ficando com mais defesas.
A amigdalectomia (procedimento cirúrgico no qual as amígdalas são removidas) e adenoidectomia (procedimento cirúrgico no qual os adenóides são removidos) são provavelmente as intervenções cirúrgicas mais frequentemente efectuadas em crianças.Quando o tamanho das amígdalas e/ou adenóides interfere com a respiração provocando apneias (pausas de respiração) durante o sono pode ser indicada a sua remoção.Também as crianças com otites (infecções dos ouvidos) persistentes ou recorrentes e aquelas que estão sempre com pingo amarelo/verde no nariz por apresentarem sinusites (infecções dos seios em torno do nariz) ou adenoidites (infecções das adenóides) crónicas ou recorrentes podem ver estes problemas resolvidos ou pelo menos melhorados com a adenoidectomia.As crianças com amigdalites (infecções das amígdalas) recorrentes - aquelas por exemplo que têm um número igual ou superior a 5-7 episódios, clinicamente importantes apesar do tratamento adequado no último ano - são candidatas à amigdalectomia. De igual modo também o são as crianças com abcesso peri-amigdalino recorrente (número igual ou superior a 2 episódios). A decisão de operar deve ser tomada em conjunto pelo médico assistente da criança, pelo otorrinolaringologista e pelos pais."


Mil beijinhusssssssssssssssssssssssssss

7 comentários:

Paula disse...

As melhoras do meu pezinhos. Desculpa ontem não te ter respondido, mas kuando via a mensagem já era muito tarde.
Jokinhas :)

Susana Pina disse...

Felizmente encontrou-se o "bicho mau" causador de tanto sofrimento.
Esperoq ue ele melhore.
Um bj grande
Susana

Maria Pereira disse...

Eu tb ando às voltas com as minhas alergias e as minhas sinusites... Uns dias melhor outros pior mas desde que o meu menino esteja bem, o resto vou levando

Mil beijos, bom fim de semana e as melhoras

disse...

bom agora com novo tratamento vai ficar bom rapidinho vaisver mama.bomfim desemana.beijinhos

Gisela disse...

Bom pelo menos agora ja sabes a causa do doi-doi dele. Espero que o tratamento resulte e q o piolho fique logo bom :)

Jinhos grandes

Anabela disse...

O meu afilhado também sofreu com isso quando era mais pequeno, agora o pediatra ainda vai avaliar se é necessário fazer uma pequena cirurgia, mas já está com 4 anos.
Esperemos que não seja nada.

Bjs

dangerously in love disse...

Oh TADINHO...as melhoras rapidas...rapidas!

beijocas